Novo BLOG dos criadores dos 10 Pãezinhos. Muitas conversas e idéias sobre HQ, a arte e a vida.
:: Benvidos ao BLOG Os Loucos :: Site dos 10 Pãezinhos | E-MAIL ::
[::..Sites..::]
:: 10 Pãezinhos
:: TIRAS
:: FOTOLOG
COMICON 2003
Papo com Eduardo Risso
ROLAND
Estúdio Pinheiros
YELLO JELLO
KAKOFONIA
Laerte
Níquel Náusea
Kitagawa
Vida Besta
Neil Gaiman
BONE
Strangers in Paradise
Omelete
Universo HQ
Quanta Academia de Artes
Macmania
[::..Blogs..::]
Samuel Casal
Allan Sieber
Gustavo Duarte
Blog de Desenho
ORBITAL
Neil Gaiman
Pullovers
[::..Editoras..::]
Terra Major
Via Lettera
AiT/Planet Lar
Dark Horser
DEVIR
Conrad
Nona Arte
Brainnstore
[::..arquivo..::]

:: 25.12.02 ::

Para terminar o ano, algumas imagens da viagem acompanhados de lembranças eventuais.

guardanapo

Velhos são inacreditavelmente agradáveis de se desenhar. Se movem em câmera lenta, facilitando a observação do artista e já vem com todos os riscos que você vai colocar no papel.

almoço e dircurso

Se vocês cruzarem com algum quadrinhista por aí, principalmente quando ele está sentado, talvez numa mesa de almoço ou jantar, reparem como ele não consegue deixar as mãos paradas. Elas estão sempre em movimento.

Ju em Paris

:: Fábio Moon 7:01 PM [+] ::

...
:: 23.12.02 ::
Amanhã voltamos para São Paulo. E hoje encontro o Bá.
:: Fábio Moon 9:05 AM [+] ::

...
:: 19.12.02 ::
Paris é muito mais frio que na Espanha.
:: Fábio Moon 11:50 AM [+] ::

...
:: 17.12.02 ::
Já faz tanto tempo que tivemos notícia dessa exposição que ela parecia que nunca iria acontecer. Fizemos a nossa história e entregamos no prazo pro Kipper, mas assim mesmo não nos parecia algo palpável, concreto. Afinal de contas, não conhecíamos quase nenhum dos autores, pois são muitos e muito espalhados pelo país, e não vimos quase nenhuma história, a não ser por aquelas entuchadas no FRONT.

Quando me encontrei com o Felipe Cava, organizador da exposição, e ele conhecia nosso trabalho (talvez não tenha visto tudo, mas conhecia o nosso histórico), já me senti mais realizado, pois tinha feito algo que atravessou o oceano e ultrapassou várias barreiras ligüísticas e culturais. Será que entenderiam nossa história como entendem meu portunhol? Fomos muito bem recebidos e vimos que não somos alienígenas num planeta estranho. Numa sala com Ilustradores e Quadrinhistas Espanhóis, fazíamos todos parte de um grupo seleto de pessoas apaixonadas pelo que fazem e que não batem bem da cabeça. A princípio houve uma timidêz geral e pouco se conversou e interagiu, mas no almoço que pagaram para os participantes das exposições (duas exposições, Historietas Brasileñas e Ilustradores e Cartunistas Españoles), já pudemos interagir mais e trocar um pouco de experiências de vida, falar de comida, bebida, futebol e, claro, quadrinhos.

Antes da abertura da exposição, houve uma cerimônia super formal com uma palestra de apresentação por parte do diretor do InJuve (Instituto de la Juventud), uma fala do Felipe Cava sobre a exposição Brasileira e depois eu tive que dizer algumas coisa por parte dos brasileiros(uma vez que o Kipper não foi, mesmo com hospedagem paga e passagem de avião paga pelo InJuve). Foi muito emocionante, ao mesmo tempo engraçado, gracas ao meu castellano pobrecito. Depois falou uma menina representando os Ilustradores e Cartunistas espanhóis, seguida por um dos jurados da exposição espanhola (que tem prêmios e patrocínios).

A exposição em si foi uma delícia, com Cerveza helada e, aí sim, a interação foi ótima. Depois do meu super discurso, não havia mais barreiras entre todos que estavam naquela sala e conversamos com muita gente sobre nosso trabalho, nossa vida, assim como a deles. O catálogo da exposição (um dos grandes trunfos dessa história toda) ficou LINDO e voltaremos para o Brasil orgulhosamente trazendo-o conosco. É uma grande mostra do trabalho dos artistas brasileiros, numa edição que ninguém reuniria aqui, com uma qualidade sem paralelo. Muito orgulho.

Bom, por hoje é só, mas mais informes virão com o tempo. Temos muito mais o que contar, mas guardaremos algumas coisa pra contar com histórias em quadrinhos.
:: Bá 4:25 PM [+] ::

...
:: 14.12.02 ::
E o frio não está tão ruim assim.
:: Fábio Moon 4:10 PM [+] ::

...
Um olá distante, na esperança de outro momento ter mais tempo para escrever mais.

A inauguração da exposição já foi. Madrid foi com ela, pois já estamos em Barcelona, onde nos encontraremos com artistas e editores que conhecemos no evento. À noite, como em todas as noites anteriores, descobrimos que os espanhois dormem à tarde para ficarem até tarde bebendo suas cañas à noite.

Por enquanto é só.

Muito mais ainda está por vir.
:: Fábio Moon 4:08 PM [+] ::

...
:: 8.12.02 ::
Partiremos amanhã para a Espanha, a tão esperada viagem finalmente chegou. Tudo é muito incerto. Estará muito frio? Conheceremos muitas pessoas? Faremos muitos contatos? A úncia certeza é de que a viagem é amanhã e não tem mais volta.
É preciso encarar a vida assim, "agora vai, não tem mais volta", pra evoluir. Não podemos adiar o inadiável. Os grandes desafios são postos para serem transpostos. Não há como prever como será do outro lado da porta e só saberemos ao atravessá-la. Mas o importante não é o que encontraremos lá, é simplesmente atravessar.
Continuaremos atravessando portas e contando as histórias que encontramos do lado de lá.
:: Bá 3:03 PM [+] ::

...
:: 4.12.02 ::
Partimos hoje para Londrina.

Londrina?

É. Londrina.

Há muito tempo atrás, fizemos o Girassol e a Lua. O que pouca gente sabe é que o Girassol saiu primeiro em forma de fanzine, em sete partes. Muita gente – ao menos para o nosso então mercado dos fanzines – leu a história primeiro lá, nos sete 10 Pãezinhos que saíram em 1997 entre Agosto e Dezembro. Recebemos cartas de todo país e isso nos deu força para continuármos correndo atrás do nosso sonho.

O tempo passa, conseguimos o acordo com o Jotapê (da Via Lettera) e publicamos o Girassol como nosso primeiro livro. Começamos a dar palestras, uma aqui, outra lá, além de um sintuoso lançamento do livro com direito a mini-exposição dos tempos do fanzine e outras coisinhas mais. Num desses eventos, não me lembro qual, apareceu o Papito. Não, não o Supla, mas um outro Papito que, regularmente, nos escreveu durante a produção do fanzine. Na verdade, o Papito apareceu em quase todos os eventos que organizamos, mas o que eu não lembro é em qual que ele chegou segurando um pequeno livrinho. Um estranho livrinho. Um livrinho estranhamente familiar.

Ele tinha nas mãos um livrinho com o Girassol do fanzine encadernado, contendo somente as páginas da história – ele meticulosamente retirou as capas, as páginas de cartas e outros anexos – com uma reprodução da capa do último número embalando tudo.

Ali percebemos a que ponto nosso trabalho podia afetar a vida de alguém. Para melhor.

No lançamento do Girassol, ele chegou trazendo um fanzine que ele fez. Quando ele colocou o fanzine na mesa, o Bá até lhe respondeu "esse aí não fui eu que fiz". Passada a confusão inicial, folheamos o fanzine para encontrar nele uma dedicatória a Fábio Moon e Gabriel Bá e ao seu Girassol e a Lua. Para completar, ele tinha vindo para o lançamento de Londrina!

Vai entender. Aparentemente, ele mora por lá.

Amanhã, num amanhã que estranhamente já parece hoje, o Papito vai lançar um gibi em Londrina. Com direito a festa, autógrafos e tudo mais. Com programação noturna intensa para comemorar mais um passo daqueles que acham que quadrinhos são, acima de tudo, uma forma de arte em que podem ser contadas belas histórias.

Eu e o Bá estaremos lá, com os fanzines que o Papito já fez, esperando pelos nossos autógrafos.
:: Fábio Moon 8:56 PM [+] ::

...



:: Fábio Moon 10:31 AM [+] ::

...
:: 2.12.02 ::
Passei o final de semana calculando distâncias, olhando para mapas, dando direções. Entre uma curva e outra, me perdi um pouco. Mas depois me achei. Ou melhor, me acharam. Agora, estou de volta à rotina, mas ainda estou fazendo contas. Estranhas contas matemáticas que me levaram ao seguinte resultado:

A distância entre aqui e a Espanha é de uma semana.
:: Fábio Moon 6:54 PM [+] ::

...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?